A Abiarroz e o arroz vitaminado

Com o objetivo de contribuir para a superação da fome oculta e ampliar o acesso ao arroz vitaminado, a Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) firmou parceria com a Program for Appropriate Technology in Health (PATH) e a Global Alliance for Improved Nutrition (GAIN). O acordo visa à qualificação das beneficiadoras que participarem da iniciativa e cumprirem todos os requisitos técnicos estabelecidos pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) em parceria com a Abiarroz, com a conseqüente concessão do selo de qualidade Arroz Vitaminado.

Estudos em dez países, incluindo o Brasil, confirmam a eficácia da inserção de vitaminas no arroz para preencher as lacunas da dieta, melhorar a saúde e prevenir a desnutrição de micronutrientes, especialmente em mulheres e crianças, os mais atingidos por essas deficiências nutricionais.



Importância comercial do Arroz Vitaminado

Ao lado dos benefícios sociais atrelados ao projeto Arroz Vitaminado, o seu êxito representa uma importante oportunidade de aumento do consumo do arroz no país, sob o aspecto da promoção da imagem do arroz como um alimento funcional.

Outro ponto positivo do projeto é a possibilidade de as empresas explorarem a faceta da responsabilidade social, uma vez que o produto se apresenta como um forte aliado no combate à fome oculta no país.

A Abiarroz desenvolve um projeto setorial em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos – Apex Brasil, que visa à promoção do arroz brasileiro para o mercado externo. O trabalho com o Arroz Vitaminado permite que as empresas nacionais explorem o diferencial da fortificação, para exportação de um produto com maior valor agregado e com qualidade atestada pela Universidade Federal de Viçosa.

Como Introduzir o Arroz Vitaminado na sua linha de produção:

O processo de produção consiste em adquirir (por meio de um fornecedor, como a empresa Urbano Agroindustrial) ou produzir o grão fortificado (a Universidade Federal de Viçosa - UFV faz a transferência gratuita da tecnologia UltraRice e presta auxílio no processo de produção do grão fortificado).

Com o insumo (grão fortificado), a empresa recebe orientação da UFV para produção do produto final (Arroz Vitaminado). A partir da produção dos primeiros lotes, a empresa receberá auditoria para verificação de qualidade do processo de produção, pela UFV, e arcará com as análises de micronutrientes que atestam a conformidade do produto final.

Com o parecer favorável da UFV, a empresa estará apta a utilizar o Selo de Qualidade do Arroz Vitaminado, condicionado a verificações periódicas do processo de produção e de análises de micronutrientes.

Para conhecer mais sobre o Arroz Vitaminado ou o processo de aquisição do selo, entre em contato com a Abiarroz.



A Fome Oculta

A fome oculta, ou a desnutrição de micronutrientes, atinge pessoas de todas as faixas etárias, indiferentemente do nível social, estando mais concentrada nos países em desenvolvimento. A fortificação de alimentos é uma saída eficaz e de curto prazo contra a deficiência de micronutrientes, com excelente custo-benefício.

O arroz, alimento mais tradicional da dieta brasileira, é o veículo ideal para viabilizar o acesso à população à suplementação de micronutrientes, de forma saudável, sem comprometimento do aspecto, cheiro ou gosto do produto.

Os grãos fortificados adicionados ao arroz comum são obtidos a partir do processo de extrusão em equipamento de fabricação de massa alimentícia e produzidos por meio da mistura de micronutrientes à farinha de arroz, na proporção de 1 a 5% do grão tradicional.

A redução da carência de vitaminas e minerais na dieta da população brasileira, por meio da fortificação do arroz, contribuirá para uma melhor saúde e rendimento escolar das crianças e maior produtividade dos adultos.

Importa consignar que os grãos fortificados e, em decorrência, o arroz vitaminado resultante da mistura do arroz comum com o grão extrusado (farinha de arroz + micronutrientes) não são transgênicos!



Arroz Vitaminado - O que é isso?