NOVIDADES 10 de Agosto, 2017
Compartilhe:

Negociações para novas pesquisas com consumidores de arroz e feijão

 A Associação Brasileira das Indústrias de Arroz - ABIARROZ e Embrapa realizaram em 03 de agosto reunião em Porto Alegre-RS com o propósito de negociar para realização de pesquisas com consumidores de arroz e feijão. A iniciativa tem como objetivo obter subsídios para implementar campanha nacional de valorização desses alimentos.

Participaram da reunião representantes da ABIARROZ, Sindicato da Indústria de Arroz de Pelotas - SINDAPEL, Sindicato da Indústria do Arroz no Estado do Rio Grande do Sul SINDARROZ-RS,  Sindicato da Indústria do Arroz no Estado de Santa Catariana - SINDARROZ-SC, Associação Brasileira das Indústrias de Arroz Parboilizado - ABIAP.

Na reunião, Carlos Magri Ferreira, da Embrapa, explicou o desenvolvimento e alguns pontos técnicos da metodologia desenvolvida pela Universidade Federal de Goiás e Embrapa, em seguida, comentou sobre os resultados da pesquisa piloto realizada na região metropolitana de Goiânia e fez recomendações para a efetivação da campanha.

Após a apresentação foram esclarecidas dúvidas e feitas sugestões. As instituições participantes debateram sobre a pertinência de executar a pesquisa e, consequentemente, a disposição de apoiar financeiramente.

O principal encaminhamento foi que a pesquisa deve ser estendida a outras localidades além de Goiânia. Quanto aos locais, não ficou completamente fechado. A princípio, seria feita em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Pará e Ceará. Outros locais, como Paraná, Mato Grosso e Tocantins, estão dependendo de encontrar apoio financeiro, inclusive vindo de instituições ligadas ao feijão. Outro estado em situação especial é o Rio Grande do Sul, que está dependendo de negociações com o Instituto Rio Grandense do Arroz - IRGA.

Estão pendentes algumas questões técnicas que deverão ser avaliadas pelos técnicos responsáveis pela pesquisa. As principais questões: possibilidade de ampliar a captação de informações da quantidade per capita de consumo, identificar características que influenciam na decisão dos consumidores em optar pelo arroz polido e arroz parboilizado. Outra solicitação das indústrias foi em relação à possibilidade de realizar pesquisas em cidades do interior, haja vista que a proposta inicial contemplava somente as capitais.

A última etapa antes de iniciar a pesquisa de campo seria a assinatura de um convênio de cooperação técnica entre a ABIARROZ e Embrapa.

Fonte: Embrapa